Casa dos Contos Eróticos


Click to Download this video!

Mistérios Noturnos 12

Um conto erótico de Demitre
Categoria: Homossexual
Data: 10/10/2018 15:47:14
Nota 10.00

Addan sorriu, satisfeito, feliz e Realizado. – Isso foi...

Michael saiu de cima de Addan em um salto, as correntes retumbaram rapidamente no chão. Um momento depois, Addan ouviu a água da ducha. Depois que uma boa dose de estupor desvaneceu, ele envolveu o corpo nos lençóis e curvou-se. Addan evidentemente havia interpretado a maravilha daquele coito de forma equivocado.

Ele estava apressadíssimo para lavar o corpo e desfazer-se do toque de Addan Então, Addan ouviu os soluços. Ou, ao menos, o que pareciam soluços. Sentou-se lentamente, tentando separar o ruído da queda da água e isolar o que seu ouvido tinha percebido. Não estava seguro do que estava ouvindo, de modo que vestiu o roupão e saiu da cama, dirigindo-se para o banheiro, usando as estantes de livros como orientação, quando estava na entrada, vacilou com a mão apoiada no batente.

– Michael? – chamou-o brandamente ele deixou escapar um grito de surpresa e ladrou:

– Volta para a cama.

– O que aconteceu?

– Suplico-te... – a voz dele se desfez.

– Michael, está tudo bem se você não gostou...

– Deixa-me. O inferno que Addan o deixaria! Cambaleou para a frente, estendendo as mãos para a infinita escuridão e avançando rumo ao som da corrente de água. Quando suas palmas tocaram a água, Addam deteve-se. Deus! E se ele lhe tivesse feito algum mal? E se tivesse pressionado um inocente recluso, o levando longe demais, rápido demais?

– Fale comigo, Michael – quando Addan não ouviu mais o som da água correndo, sentiu os olhos encherem-se de lágrimas. – Sinto muito tê-lo forçado a fazer o que fizemos.

– Eu não sabia que seria tão... – ele limpou a garganta. – Estou despedaçado. Destituído de minha própria pele. Nunca mais voltarei a estar completo. Foi tão... belo.

Addan curvou-se. Pelo menos ele não tinha detestado o que fizeram.

– Venha se deitar comigo.

– O que farei quando partires?

– Não ficará aqui por muito tempo, lembra?

– Sim, vou. Devo ficar. E tu deves partir, o medo correu o corpo de Addan.

– Isso não vai acontecer, não foi isso que combinamos. Enquanto a água gotejava, Michael suspirou, frustrado.

– Sede sensato...

– Sou sensato até demais, Michael. Sou advogado, raciocinar é meu trabalho – Addan estendeu a mão para tocá-lo, mas a única coisa que encontrou foi os ladrilhos de mármore. Virando-se no escuro, com as mãos estendidas para a frente, Addan buscou-o, embrenhando-se

na escuridão.

Tinha a sensação de que ele deliberadamente estava mantendo-se afastado dele.

– Quer parar de se esconder?

Ele riu suavemente.

– Tu és tão... autoritário.

– Sou. O som de uma toalha sendo esfregada contra um corpo a guiou para a esquerda, mas o ruído afastava-se à medida que Addan o perseguia.

– Pare com isso. A voz de Michael veio de trás dele.

– Com os homens com os quais te envolveste também foste assim? Intenso e tenaz? Como foste comigo?

– Você pode se desmaterializar ou algo assim? Como pode se mover tão rápido?

– Conta-me sobre os homens que te amaram. Eles eram tão graves como tu?

Addan pensou em Mick Rhodes, seu amigo de infância que também era sócio no WN&S.

– Ah... um deles era, os outros, não, e eles não me amavam olhe, vamos nos concentrar no agora, o que lhe parece? Onde você está?

– Então, por que tiveste relações íntimas com eles? Se eles não te correspondiam o amor?

– Eu tampouco estava apaixonado por eles, foi apenas sexo – no silêncio que seguiu, um estranho tipo de frieza percorreu-lhe a coluna vertebral. – Michael? Michael?

– Temo estar sendo eu mesmo insensato.

– Por quê? – perguntou-lhe Addan com cautela.

De alguma forma, todavia, Addan soube quando ele saiu do banheiro; era como se seu corpo pressentisse o dele ou algo assim. E ele o caminhou para o quarto.

– Michael?

– Comportei-me de maneira infantil, não é mesmo? – o tom de voz dele era calmo e contido, Terrivelmente calmo e contido. – Ter chorado por algo que... por algo que para ti é completamente normal.

– Ah, Deus, Michael, não! – normal? Aquilo não tinha sido nada normal. De forma alguma. – Agora eu também sinto vontade de chorar porque...

– Porque sentes pena de mim, não é mesmo? – disse ele. – Não deverias. Não é um crime não sentir o que sinto...

– Cale-se. Cale-se agora – Addan queria apontar o dedo indicador na cara dele, mas não estava precisamente seguro da direção em que devia apontar.

– Não sou uma pessoa que sente pena das pessoas, e definitivamente não sou uma pessoa que mente, aqueles outros homens não eram você, não tinham nada a ver com você, conosco. Agora eles eram “nós ”, não eram?, Addan pensou.

– Michael, sei que tudo isto é muito difícil para você e provavelmente acrescentar sexo a todo o resto não foi uma boa ideia, Também posso entender por que sair daqui pode causar-lhe medo, Mas você não está mais sozinho, Faremos isso juntos. -

Addan não tinha ideia de como aquilo acabaria ou de onde eles iriam parar, mas o compromisso tinha sido feito. Com suas mentes, Com seus corpos. E, pelo inferno! Addan o cumpriria.

Não, não é que ele de repente tivesse se transformado em um romântico descomedido, Durante toda a vida Addan tinha se furtado ao assunto do matrimônio e tal e sexo, de acordo com seu ponto de vista, era simplesmente sexo, Agora, todavia, ele pensava de outra forma, Sentia, sem que a razão mediasse, que eles estavam unidos. Não fazia sentido, mas o vínculo estava ali, era praticamente palpável, e a intimidade física tinha sido... bem, uma parte – e grande, diga-se de passagem – dele.

Os braços de Michael envolveram-no por trás.

– Sim, faz sentido, Sinto o mesmo.

Addan segurou-lhe a mão e reclinou-se contra ele.

– Não sei onde acabaremos, mas vou cuidar de você. O tom de voz de Michael era baixo e grave quando ele disse:

– E farei o mesmo por ti. - Eles permaneceram assim, unidos na escuridão, abraçando-se. Addan sentia o quente e enorme corpo dele contra as costas e, quando aproximou-se um pouco mais, pôde sentir a ereção majestosa que já se formava.

Addan moveu os quadris, esfregando-se contra Michael, provocando-o.

– Quero você – disse-lhe. O suspiro dele disparou no ouvido de Addan causando-lhe frissons de calafrios eróticos.

– Pode estar... pronto outra vez... tão depressa?

– Geralmente é o homem quem precisa se recuperar.

– Ah. Bem, acredito que eu poderia fazer durante toda a noite. Sem parar... - Jesus Cristo! e era verdade, como ele depois veio a lhe provar.

Fizeram amor tantas vezes que a atividade sexual confundiu-se, formando um único episódio erótico que durou... Santo Deus, horas e mais horas! Durante todo o jantar do segundo dia. Durante toda a noite.

O corpo de Michael era capaz de ter um novo orgasmo a cada dez minutos, aproximadamente, e ele sentia-se inclinado a explorar todos os gozos carnais do sexo. O amou de todas as formas possíveis e, à medida que ia se sentindo mais e mais confortável, sua veia dominante surgia com mais força. Não importava como começassem, a coisa toda sempre terminava com Addan por baixo, fosse de frente, de costas ou de lado. Ele gostava de mantê-lo subjugado sob o peso de seu corpo musculoso e, às vezes, usava as mãos para obrigá-lo a deixar-se ser domado por Michael como a um animal indômito. Especialmente enquanto ele bebia de sua garganta.

E Addan encantava-se com tudo o que ele fazia, A forma com que ele o dominava com força, a sensação da espessura e do tamanho daquele enorme mastro dentro dele, o beijo ardente daquela boca em sua garganta.

Foi assim até que as penetrações dele finalmente tornaram-se dolorosas e Addam já não era capaz de aguentá-las. Então, Addan forçou-se a fazê-lo parar. E, Deus, como ele se sentiu frustrado porque não podia seguir recebendo aquele formidável e viril órgão dentro de si! Addan queria mais, precisava de mais daquela doce asfixia sob aquele corpo másculo ao qual Addan se subjugava como um escravo erótico e servil.

Em alguns aspectos, Addan sentia-se uma Mulher no corpo de um homem, embora não se desse conta disso até que conhecesse Michael, sua atitude, sua impulsividade, sua acuidade, todos esses componentes de guerreiro que havia em sua personalidade nunca estiveram de acordo com o corpo que Addan possuía.

E seus interesses, no mais, nunca tinham sido os mesmos de outros Homens, nem quando ele era jovem.

Continua....

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
11/10/2018 10:37:41
Algo inexplicável...
10/10/2018 18:26:50
10




Online porn video at mobile phone


gurias morenas dimemores lesbicas fodebubda arregasada na pausadaxxxxxvideosirmao come a irma dormindobussetas cuspindo porramulher põa bunda na minha cara e solta um pum. para mim cheirarcorroas belisca fode com sua filhaquem é o divã roludo ?sexoconto erotico da minha filha de14granfina brasileira sequestrada e fode e gozamulheres com avargina aberta explodindo de porrasofri muito naquela pica gigante contosmulher madura e muito carente dando a xota a seu filho taradoa mulher se arreba negao em fim todinho na buceta sua bola entra na bucetacontos eróticos meninas de 25 anos transando com cachorro Calcinha Preta com lacinho vermelhosdestraçada por dois paus pornodoidosexoalvescontos eroticos casamento nupciashostorinha emquadrio porno mai tranza com seu filhocontos eroticos esposa fujonakero ver mulher kevandi maozada na bucetavidioporno/fodanaconstrucaocontos eroticos me fodram sem o meu namorado perceberpai roludo filiha rabuda teatro pornoContos porno,gostosa transou muito com moto taximulher tomam do tiro nabuseta de revolvercontos fiz tesoura bem gostoso com maninha caçulavidios porno de inquilina q paga o alugel dando o cuX video comendo ninazinha menor 18cache:pOPxSXOTitUJ:zdorovsreda.ru/texto/201807107 amarados com cordas e mulheres tatendo punheta ate eles gozar xvideosContos eroticos gravida evangelicaXVídeos Everton você aguentarcaso elevo omigo com 30 centimetro de pau pra foder esposanovinha perdendo a virgindade com negão da trufa muito grandevirando a buceta do averso com pauzao monstrome deliciei vendo minha mãe tomar banhocontoerotico meu tio e minha namorada fudendover vidio padrasto da pica muito loga comendo a itiada virger vai terque da pontoBiazinha cagou nas calçascomi minha cadelacunhado erra a buceta e acerta nu cuzinho da cunhadafotos de pau duro cabeçudoconto erotico/ ...voce que sabe reapondi...bia cordinha fudenocontos eroticos leite vitaminado papaimeu enteado minha perdicao bucetamulheres casadas safadas se exibindo de sainha curta sem calcinha pro encanador ele ñ resiste fode a putaconto erotico bacanal bucetacasado tem tesão em mamar cine porno spmtk contos eroticos coisas do destino capitulo 1xxvideosnovinha aprendendo achuparconto minha hisoria dupla penetacao com janete e betoefaç de pornpornô amador conto erótico de mãe divorciadajuliana jemeno no pau groso ponodoidoContos eróticos - quero roubar o marido da minha mãexvideos palácio branquinho enfiando na buceta gostosa carnuda XVídeos XVídeos padrasto do Sedexx vídeos a empregadinha galeguinha u vei comendo nu so fapamico ma forretas sex traza sexmulher ameaçando cagar com o pau no cu videos pornovídeo de putaria as baixinha índia gostosa pronto para tocar de ouvidoVideos de pesouas tirando acabesa da pingolao vídeo de 59 segundos da gostosa subindo a escadaria do shopping com short curtocontos eroticos gozou gostoso na vagina da cachorra pastora alemã no ciocontos eroticos os pezinhos da sograquadradinho eróctico a filha do vizinhosou casada mais quem mim fode gostoso e patinhoXVídeos aponta apostei com meu irmãovídeo de 2 minutos novinha galeguinha baixinha deitado na cama de casalconto erotico mae no ciopai comeno afilha bricanofui iniciada como cadela e gosteiuma mãe vai para o quarto de um filho ainda quando ele ver com p******* abre a sua oxente e chupa o pau dele pornôescute duas coroas short bem curtinho ao vivo das coroas de Maceiómineirinho 20 mundobichaConto gay dominação- "lobinho"travesti branquinha e e s branquinha e rosada tranzando na xçcamave porno co ome cumeno amante e a filha da amantetezaozinhaxxxvideos gozandone buseta da ninfetadona sia cazarao xvideisfiado loiro bonito e gostoso metendoan american tales conto eroticomeu tio comeu minha bucetinha virgem parte 2 contos eroticosele rebentou me toda por dentro pornoContos eróticos gay brincando de esconde esconde no sítio do tiu e deuvideo ppnor gay de bombriro botado adoleecente pra chupar xnxxmulher topada de sorriso e droga dormindo e os homens transando com ela várias pornô caseiro homem com pênis bem grande transando com elacontos eróticos gay fui transformado em putinha e fizeram dupla penetração no meu cuzinho e me arrombaramXsvideos exibindo o pau pras mulheres mo metroPornos johnata caseiros 2017eu, minha namorada, minha namorada e meu tio